Dicas

14/06/2018

8 dicas para evitar a dor lombar no dia a dia

8 dicas para evitar a dor lombar no dia a dia

Você já sentiu dor nas costas? Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), 8 em cada 10 pessoas sentirão esta dor pelo menos uma vez na vida. A lombalgia, também conhecida como dor lombar ou lumbago, é um dos tipos mais comuns de dor nas costas — e a segunda mais comum em todo o mundo, perdendo apenas para a dor de cabeça.

A lombalgia é caracteriza por uma dor na parte mais baixa das costas, perto da bacia, e que pode se estender para a região das nádegas e região posterior (atrás) das coxas. Quando não tratada, pode ser muito prejudicial à qualidade de vida da pessoa.

Por que a lombalgia ocorre?

A maior parte das pessoas sente dor nas costas por uma questão postural e não por fatores mais graves. São hábitos errados e contínuos que afetam a postura, como trabalhar o dia todo curvado sobre o teclado do computador, posições incorretas para dormir, sentar, dirigir etc.

As lombalgias de origem muscular também podem ser provocadas por movimentos bruscos, torções, distensões dos músculos ou de ligamentos das costas e também por sedentarismo, decorrente da falta de exercícios.

Entre as causas mais comuns também estão as doenças ortopédicas e reumáticas (como hérnia de disco e problemas no nervo ciático), envelhecimento e infecção dos discos intervertebrais, entre outros.

Além destes, fatores psicológicos, como esgotamento, tensão e estresse — tão comuns nos tempos modernos — também podem agravar consideravelmente as dores nas costas, principalmente na região lombar.

Em casos (bem) mais raros, a lombalgia pode ser um sinal de algo mais grave, como câncer ou doenças degenerativas dos discos intervertebrais.

8 dicas para evitar a dor lombar no dia a dia

1. Controle seu peso: tente permanecer dentro do seu peso ideal. A obesidade prejudica muito a coluna;

2. Faça exercícios físicos: a prática de atividade física pelo menos 3 vezes por semana, durante 30 minutos, já ajuda a evitar dores nas costas;

3. Não carregue muito peso: evite cargas muito pesadas. Se precisar levantar algum peso acima do que está acostumado no dia a dia, flexione os joelhos e procure manter a coluna ereta;

4. Procure a melhor posição para dormir: dormir de lado, com um travesseiro entre as pernas, ou de barriga para cima, com um travesseiro embaixo dos joelhos são boas posições para evitar dor no dia seguinte. Evite dormir de bruços;

5. Cuidado ao levantar: na hora de sair da cama, procure fazê-lo de lado. Apoie-se e não tenha pressa. Evite levantar-se para a frente, de modo muito brusco;

6. Sente-se corretamente: se você passa muitas horas sentado, use uma cadeira com apoio para os braços e que não recline. Seus pés devem estar totalmente encostados no chão;

7. Tela na altura dos olhos: se você trabalha com computador (ou passa horas no celular), lembre-se de que a tela deve ficar na altura dos seus olhos;

8. Atenção ao dirigir: mantenha uma boa postura e procure colocar um apoio ou almofada atrás da região lombar – especialmente se você passa muito tempo no trânsito.

Fonte: Ativo Saúde 


» Mais dicas
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia e Design
Rua Quintino Bocaiúva, 105, - Largo São Francisco, (Próx. ao Hospital Dom Pedro de Alcântara) - 44149-999 - Feira de Santana - Bahia
Tel.: (75) 3221.2200 - WhatsApp: (75) 99248.8890 - Email.: plamol@gd.com.br
® 2013 PLAMOL. Todos os Direitos Reservados